April 12, 2018

March 6, 2018

Please reload

Posts Recentes

Como fazer sua RESERVA na Pousada Pedra Rosa

November 10, 2017

1/1
Please reload

Posts Em Destaque

Decidi viajar com meu pet e agora?

March 16, 2018

 

 

Muita gente ainda não conhece as regras para viajar de carro, ônibus ou avião com seu pet. Então vamos ajudar, informando o que é necessário para ter uma viagem tranquila e aproveitar melhor com o seu pet.

 

O que você precisa saber?

 

Antes de viajar com seu pet, independente do meio de transporte que vai utilizar, é muito importante levar seu pet a uma consulta e conversar com o veterinário para saber se está tudo certo com a saúde do seu animalzinho. Alguns bichinhos podem ficar enjoados durante viagens, e o veterinário vai indicar medidas preventivas para evitar o mal estar do pet durante a viagem.

 

Outro ponto, que também é muito importante, seria avaliar algumas características comportamentais de seu pet, como por exemplo:

 

  • Meu Pet já andou de carro?

  • Se sim, como meu pet se comportou durante essa experiência?

  • Como meu pet se comporta em locais estranhos?

  • Meu pet é amigável com outras pessoas e pets?

  • Meu pet pode apresentar comportamento que possa acabar perturbando outra pessoa (como latir alto de mais ou destruir alguma coisa)?

 

Só de pensar em levar nosso bichinho para passear conosco ficamos muito felizes, mas é importante avaliar se seu pet vai estar tão confortável na prática como em sua teoria. Se você acha que ele pode se sentir desconfortável ou apresentar algum comportamento indesejado, talvez possa ser uma boa repensar sua viagem.

 

Muitas vezes podemos pensar que nossos pets ficam melhor próximos de nós, mas na verdade eles podem preferir um pouco menos de agitação.

 

 

Viajar de carro com seu pet

 

Para a segurança sua e de seu amiguinho você deve garantir que ele está preso, para que em caso de uma freada mais brusca ou de uma colisão frontal ele esteja protegido. Para cães até 10 kg é recomendado usar assento. Ele fica preso ao cinto de segurança do carro, e o cachorro fica preso a ele pela coleira.

 

Se por acaso seu amigo pesar mais de 10 kg ele deve usar o cinto de segurança para cães. Dessa forma ele ficará seguro e confortável durante toda a viagem.

 

É importante que você faça diversas paradas durante a viagem para que seu pet possa fazer suas necessidades, beber água, comer e gastar um pouco de sua energia. Também vale lembrar que você deve se manter atento a temperatura no interior do veículo. Se o dia estiver de sol e com temperatura elevada, não hesite  em ligar o ar condicionado ou ao menos abrir a janela para diminuir a temperatura. Se você sentir calor, imagina seu amigo peludo.

 

 

Viajar com seu pet de ônibus

 

Para viajar com seu pet de ônibus você vai precisar de um atestado veterinário que comprove o bom estado de saúde do animal, além da caixa de transporte para o pet.

Aconselho a entrar em contato com a empresa com certa antecedência e esclarecer suas dúvidas, até porque, cada empresa tem seu próprio regulamento, e algumas exigem até mesmo que o animal ocupe a poltrona ao lado do dono, que neste caso é obrigado a pagar mais uma passagem. Outro ponto é o número limitado de pets que é possível transportar a cada viagem, e torna ainda mais necessário que você contate a empresa e informe que levará seu amigo peludo.

 

 

Viajar com seu pet de avião

 

Para viajar com seu pet de avião você deve seguir as regras da Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) e também as regras da companhia aérea, que podem mudar dependendo da empresa que opera sua viagem, pois as mesmas adotam regras próprias.

 

Quando falamos de vôos nacionais, existem algumas regras básicas que são adotadas por grande parte das companhias, são elas:

 

  • Atualizar todas doses de vacina do seu pet;

  • Apresentar atestado veterinário;

  • Avisar a companhia aérea com antecedência de que viajará com o animal;

  • Transportar seu animal em uma caixa apropriada e resistente, com ventilação e que acomode seu pet com certa folga;

 

Caso você queira levar seu pet na cabine, junto com você, saiba que isso só será possível se ele tiver menos de 10 kg já contando a caixa de transporte, mas essa regra também pode variar dependendo da companhia.

 

Vale lembrar que algumas companhias aéreas não transportam cães de determinadas raças, mesmo estes estando com todas as vacinas em dia e com atestado de saúde seu amigo pode ser impedido de viajar se sua raça estiver entre aquelas proibidas naquela companhia.

 

Em viagens internacionais você deve buscar junto a companhia e na internet, informações sobre as regras no país de destino. Isso porque alguns países possuem regras específicas (como a necessidade de quarentena) que podem impedir que você desembarque com seu pet. Também é importante se informar sobre as dimensões adequadas da caixa de transporte na qual ele vai viajar. Isso acontece porque ele pode precisar de uma caixa com especificações mínimas de segurança, então se informe sobre isso de preferência antes mesmo de comprar a sua.

 

 

 

Uma opção de hospedagem em Florianópolis, a ilha da magia, é a Pousada Pedra Rosa, pois é totalmente Pet-friendly, e fornecer potes de comida e bebida e um amiguinho para brincar, o veludo, nosso mascote e companheiro, venha conhecê-lo.

 

Se ainda ficou com alguma dúvida, ou quer acrescentar algum ponto que pode ser útil aos demais sobre viagem com pet, deixe seu comentário aqui no post.

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Siga